Astronomers Uncover the Enigmatic “Old Smokers” in the Milky Way

Astrônomos Descobrem os Enigmáticos “Velhos Fumantes” na Via Láctea

Astrônomos explorando a vastidão da Via Láctea se depararam com um cativante fenômeno cósmico. Um grupo de gigantescas estrelas idosas, agora conhecidas como os “velhos fumantes”, localizadas no centro de nossa galáxia, revelaram recentemente um comportamento perplexo. Por muitos anos, essas estrelas permaneceram escondidas, quase desaparecendo da vista. No entanto, para a surpresa dos pesquisadores, elas começaram subitamente a emitir enormes nuvens de poeira e gás.

Essa descoberta intrigante ocorreu durante um abrangente levantamento do céu noturno utilizando luz infravermelha. Sob a orientação do Professor Philip Lucas, da Universidade de Hertfordshire, a equipe monitorou quase um bilhão de estrelas ao longo de uma década. Inicialmente, o objetivo era capturar imagens raras de estrelas recém-nascidas, capturando-as durante uma fase de rápido desenvolvimento conhecida como fase de protoestrela. No entanto, eles se depararam com uma surpresa inesperada.

Ao lado das protoestrelas, outro grupo de estrelas gigantes vermelhas envelhecidas perto do centro da Via Láctea emergiu durante a análise. Aprofundando a compreensão de sua natureza utilizando o Very Large Telescope do Observatório Europeu do Sul, os pesquisadores concluíram que essas estrelas eram uma variedade totalmente nova, adequadamente chamada de “velhos fumantes”.

O que causa essa súbita transformação no comportamento dessas estrelas idosas? A principal hipótese sugere que correntes de convecção e instabilidades dentro dos seus núcleos desencadeiam a liberação de imensas colunas de material semelhante a fumaça. O Professor Lucas compara esse fenômeno a nuvens do tamanho de sistemas solares, possivelmente emanando de locais específicos na superfície da estrela.

Além da natureza impressionante dessa descoberta, suas implicações se estendem para o amplo cosmos. Material expelido para o espaço interestelar por estrelas moribundas desempenha um papel crucial na semeadura para o nascimento de futuras estrelas. Portanto, desvendar os segredos desses “velhos fumantes” pode fornecer insights valiosos sobre a dispersão de elementos pesados ​​dentro do disco nuclear e áreas ricas em metais de outras galáxias.

Essa pesquisa inovadora foi publicada no respeitado periódico Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, expandindo os limites de nosso entendimento sobre os cativantes eventos celestiais que ocorrem dentro da majestosa Via Láctea.

FAQ